terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Um Som!!!! e uma nota de repúdio


Primeira Manhã - Alceu Valença


***********************


Nota de repúdio
É isso aí! Uma nota de repúdio à ação do poder na comunidade de Pinheirinho em São José dos Campos, São Paulo. Cidade e estado (des)governados pela direita brasileira dusquintodusinferno, que precisam da violência, da truculência, da intolerância pra mostrarem quem manda. Fascistas, autoritários, reacionários, trogloditas que estão a serviço da grande elite burguesa e que fazem mal, muito, muito mal, apodrecem a vida e assassinam o que há de melhor.


MASSACRE PINHEIRINHO - 22.jan.2012 - TODO APOIO À RESISTÊNCIA URBANA






6 comentários:

Assis Freitas disse...

viva alceu, abominável a PM paulista

beijo

sandra camurça disse...

Tudo isso é odioso, querida.
Olha, vale a pena ler um artigo no blog da Raquel Rolnik, arquiteta/urbanista e professora da USP. Aliás vale acompanhar o blog dela, que sempre fala sobre questões relativas a ocupação do solo. http://raquelrolnik.wordpress.com/2012/01/23/pinheirinho-cracolandia-e-usp-em-vez-de-politica-policia/

Beijo!

Marcello disse...

Vais, curti o som e assino a nota!
E vamos cuidando para que, diante de tanta mazela, a capacidade de nos indignar não se perca nunca!

Abraço.

Vais disse...

e viva Alceu!
sabe, Assis, abominável qualquer PM ou estrutura de poder que usa de armas, de violência pra fazer valer o que quer que seja.
é uma lástima, é a prova da involução humana, é tudo quanto há de pior mesmo.

beijinho

******************

Ei, Sandrinha,
vou lá ler e grata pela indicação
querida, o que causa maior estarrecimento neste caso como em tantos outros do tipo onde o poder é exercido desta forma e que levam à reação de uma parcela da sociedade a se manifestarem totalmente a favor deste tipo de ação e conseguem 'fazer a cabeça' de outros tantos a concordarem que é assim mesmo, que tá correto
lutar contra este sistema, contra os poderosos não é fácil

beijos, querida

************

Valeu, Marcello, a curtição do som

Ô moço, da capacidade de nos indignar, saravá! que não se perca nunca, nunquinha, jamais

abração pra você e tudo de bom

Jorge Pimenta disse...

a nota ressoa à distância do não noticiado, mas todas as formas de violência merecem a minha impressão digital.
beijo, vais!
p.s. o som eu curti :)

Vais disse...

Sabe, Jorge, às vezes dá uma tristeza danada e dói saber que esta nossa sociedade humana, incluídos e 'excluídos' interligados cotidianamente é um campo de guerra
racionalmente animalizada

valeu a curtição do som do Alceu

beijo pra ti