sábado, 17 de dezembro de 2011

Um som e 10 valores

UM SOM!!!!!

Mercedes Sosa - La maza


********************

Ademar Bogo nos coloca estes 10 valores que fazem parte da cartilha 09 da  Consulta Popular – Valores de Uma Prática Militante.

1o – O Valor da Solidariedade
Solidariedade é, portanto, buscar alternativas para elevar o ser humano a uma nova categoria, tanto na qualidade de vida quanto na qualidade de consciência e na construção de novos valores.

2o – O Valor da Indignação
A indignação é uma qualidade que um lutador do povo jamais pode perder. Indignar-se contra as injustiças e contra as atitudes de quem as comete.

3o – O Valor do Compromisso
Compromisso é uma atitude de permanente vigilância sobre os propósitos feitos coletivamente.

4o – O Valor da Coerência
Assim deve ser um lutador do povo. Ser coerente e acompanhar atentamente o movimento interno de cada ação em separado, e das ações em sua globalidade. Em tudo há esse movimento interno, que somente a atenção precisa e dedicada de um lutador social pode perceber.

5o – O Valor da Esperança
Não existem derrotas definitivas. A esperança é como água que umedece o leito da estrada, no subsolo. Por mais que se tente soterrá-la, sempre surpreende e renasce mais adiante.

6o – O Valor da Confiança
Confiança é isso. É saber que somos importantes com nossas características, conhecimentos e sabedoria. Mas somente sentiremos esta importância se acreditarmos nas pessoas, na coletividade.

7o – O Valor da Alegria
A luta não pode ser triste se tivermos consciência de que estamos preparando o berço para as futuras gerações nascerem e crescerem felizes. Elas nascerão e herdarão de nós o prazer de fazer a história com alegria.

8o – O Valor da Ternura
A ternura como valor está na linha do aperfeiçoamento do comportamento político e humano de um lutador do povo na sua relação com a coletividade.

9o – O Valor da Mística em forma de Utopia
Ter e manter a utopia deve ser um valor que se alimenta pela mística como sendo a razão que nos faz viver e buscar esta causa.

10o – O Valor dos Símbolos
Mais do que nunca é fundamental que se recupere e se desenvolva no imaginário e na prática social a importância dos símbolos para fazer frente ao processo de alienação e despolitização das relações sociais.

4 comentários:

Jorge Pimenta disse...

oportuno, sobretudo para quem não sabe o que oferecer no natal a algumas pessoas - que é o meu caso :)
beijinho, querida vais!

Assis Freitas disse...

décimas preciosas,



beijo

Vais disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Vais disse...

Jorge, querido Jorge, se me permite, mas mesmo que não permita, vou dizer assim mesmo, não concordo com você de ser o seu caso de não saber o que oferecer.
vou provocar
Jorge, por que tem que ser no natal que temos que buscar o que oferecer às pessoas se temos todo o resto do ano pra isto?
Esta época é época de muitas caridades e fico vendo como a caridade faz determinadas pessoas se aliviarem dum monte de pesos, tipo, estamos sendo humanos estamos ajudando os necessitados estamos compartilhando (uma p...!), mas tenho comigo que a caridade é paliativa pois não acaba com a miséria e fica parecendo que a sociedade precisa destes miseráveis para expiarem seus pecados e se sentirem perdoados.
Sabe, Jorge, de uns tempos pra cá tenho me comportado reticente com os festejos natalinos, fico inquieta, dá angústia, dor, ainda que com todas as luzes e enfeites adornando as casas e as ruas e os prédios.
pra mim, um abraço, um beijo, um carinho são excelentes oferecimentos ou umas palavras, muito mais que um pacote com algo dentro frio e impessoal, e você tem todos os sentimentos que nos transmite através do viagens
bem, digo por estar além mar, mas posso imaginar que para os de perto onde haja prazer e desejos você sabe e tem.
Beijo e abraço pra você com carinho e tudo de bom


**************

Sim, Assis, preciosas, fico vendo e sentindo estes 10 valores como possibilidades palpáveis, concretas, realizáveis.

Beijos pra ti ♥ e tudo de bom