quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Penso, logo existo.
(René Descartes)
.
Penso, logo os, Fia?
Penso, logo contradições
Penso, logo sinto
Penso, logo sou
Penso, logo chata
Penso, logo tento
Penso, logo pastelo
Penso, logo vou
Penso, logo lerdo
Penso, logo sempre
Penso, logo nunca
Penso, logo tudo
Penso, logo nada
Penso, penso, penso
Logo, logo, logo
Logo, penso
Penso, logo
Chega
(27/11/10)


6 comentários:

Jorge Pimenta disse...

da fórmula, sobra substância mas persiste o efeito/a consequência (inevitável): "logo".
alguma vez descartes terá pensado nisto? :)
beijinho, amiga vais!

Vais disse...

Jorge querido,
às vezes sou tão rasa
pra uns compreendimentos
que a cara queima
sem vergonha
beijinho, moço

sandra camurça disse...

Gostei da Vais renedescarteando!
Quanto ao som, cê sabe, né? como uma boa pernambucana, AMO AMO AMO. Viva Chico Ciência e sua Nação!
Beijão!

Vais disse...

Pois é, né, Sandrinha?
:)
olha que sou chegada num carteado

cê sabe, também, amo este som

beijão

Cris de Souza disse...

pensar nessa batida, eleva minha noitada.

Vais disse...

Ei Cris,
elevar a noitada é bom demais da conta, né?
beijinho, Cris