segunda-feira, 19 de julho de 2010

som imagens letras

O Patrão Nosso de Cada Dia
.
Secos & Molhados
Composição: João Ricardo - Secos E Molhados
.
Eu quero o amor
Da flor de cactus
Ela não quis
Eu dei-lhe a flor
De minha vida
Vivo agitado
Eu já não sei se sei
De tudo ou quase tudo
Eu só sei de mim
De nós
De todo o mundo
Eu vivo preso
A sua senha
Sou enganado
Eu solto o ar
No fim do dia
Perdi a vida
Eu já não sei se sei
De nada ou quase nada
Eu só sei de mim
Só sei de mim
Só sei de mim
Patrão nosso
De cada dia
Dia após dia





Alguns escritos antigos
Não pense muito
As grades tem aço
Piores são as de carne

****************

Um pé de meia
Pendura-se à cabeceira
E ele diz:
Love me girl
Começa, pára
Começa, pára
E pára antes do fim
Mas...
One day, man
E lá vamos nós, juntos outra vez

**************

La chica está de muda para o exterior
Vamos tentar adultar-nos
E na querência de reavê-la
Você muda
Ou ela muda...
E mudas não ficaremos quando encontramos

*******************

Catitas

Uma brincadeira
Jogada nas palafitas
Semente, fruto?
O que serias?
Ao alto mandá-las
Mandalas
Meias luas
Toras de madeiras
Ancoradas na orla

3 comentários:

líria porto disse...

muito que bem, garota - muito que bem!!!
besos

Assis Freitas disse...

engraçado a coincidência das nossas mudas, com todos os parelelismos e paradoxos, aqui vejo que viceja também o som,

abraço

Vais disse...

Saudações Líria,
é um prazer de ter você por aqui
também muito que bem
beijos

************

Olá Assis,
seja bem vindo
moço, adoro um som
e coincidências são no mínimo
algo de muitíssimo interessantes
e instigantes
abraço prati