quarta-feira, 12 de outubro de 2011

um som!

E este vai para Sandrinha Camurça e Lou Vilela, umas moças maneiras lá do Recife, arretadas toda vida.

Vai também pra quem é de curtir.



"Poesia não tem dono
Alegria não tem grife
Quando eu tiver cacife
Vou-me embora pro recife
Que lá tem um sol maneiro
Foi falando brasileiro
Que aprendi a imbolá"
(Zeca Baleiro)


5 comentários:

Assis Freitas disse...

como disse Patativa: cante lá que eu canto cá/ vamo imbolá



beijo

sandra camurça disse...

Ah, minha linda! Grata!
Imbolá é muito bom!
Muitos beijos :)

Vais disse...

Patativa, moço sabedor das coisas
vamo imbolá levantar poeira rodando a saia
bom demais, viu Assis
beijinho

************

Sandrinha, é um prazer
esta música, este disco é muito bom
beijos, querida hermanita

Lou Vilela disse...

Uma belezura! Obrigada, fulô! alegrou-me o dia. ;)

Beijão

Vais disse...

Que bacana, Lou, fico feliz por ter alegrado seu dia.
É um prazer!
beijos carinhosos pra ti