terça-feira, 23 de agosto de 2011

músicas pra dormir

Canção Popular

Boa noite

Diga ao menos boa noite

Abra ao menos a janela

Pois eu canto é pra você

Durma durma

Durma e sonhe com os anjinhos

Pra amanhã acordar cedinho

Pois eu canto é pra você


***********

Cebola Cortada

Composição: Petrúcio Maia / Clôdo 

O Orvalho da noite
Brinca na luz do luar
Quem acredita em sereias
Sabe os segredos do mar
A cachoeira cantando 
É a canção natural 
Sempre lembrando pra gente 
Que amar nunca faz mal
Teu amor é cebola cortada meu bem
Que logo me faz chorar
Teu amor é espinho de mandacaru
Que gosta de me arranhar
Teu olhar é cacimba barrenta meu bem
Que eu gosto de espiá

***************
Se Essa Rua Fosse Minha

Cantigas Populares

Se essa rua
Se essa rua fosse minha 
Eu mandava
Eu mandava ladrilhar
Com pedrinhas
Com pedrinhas de brilhante
Só pra ver
Só pra ver meu bem passar
Nessa rua
Nessa rua tem um bosque
Que se chama
Que se chama solidão
Dentro dele
Dentro dele mora um anjo
Que roubou
Que roubou meu coração
Se eu roubei
Se eu roubei teu coração

Tu roubaste
Tu roubaste o meu também
Se eu roubei
Se eu roubei teu coração
Foi porque
Só porque te quero bem

**************

Serenô    
Composição: Tânia Maya

Serenô, eu caio, eu caio


Serenô, deixai cair
Serenô da madrugada
Não deixou, meu bem, dormir

Minha vida, ai ai ai
É um barquinho, ai ai ai
Navegando sem leme e sem luz
Quem me dera, ai ai ai
Ter agora, ai ai ai
Os faróis dos teus olhos azuis

**** (ficamos nestas duas estrofes do serenô)*******


************************

Prece Ao Vento

Composição: Gilvan Chaves / Alcyr Pires Vermelho / Fernando Luiz Câmara

Vento que balança as palhas do coqueiro
Vento que encrespa as ondas do mar
Vento que assanha os cabelos da morena
Me trás notícia de lá
Vento que assovia no telhado
Chamando para a lua espiar
Vento que na beira lá da praia
Escutava o meu amor a cantar
Hoje estou sozinho e tu também
Triste, mas lembrando do meu bem
Vento diga, por favor,
Aonde se escondeu o meu amor
Vento diga, por favor,
Aonde se escondeu o meu amor

***************


São as canções que cantamos para as meninas na hora de dormir, de vez em quando umas variações e sai Tudo Outra Vez de Belchior, Maringá de Joubert de CarvalhoNuvem Passageira de Hermes Aquino, mas como não sei toda a letra fico nesta parte:

Eu sou nuvem passageira
Que com o vento se vai
Eu sou como um cristal bonito
Que se quebra quando cai
Não adianta escrever meu nome numa pedra
Pois esta pedra em pó vai se transformar
Você não vê que a vida corre contra o tempo
Sou um castelo de areia na beira do mar

 

Outra noite dessas, já passando da hora de dormir, coloquei as duas nas camas e comecei a cantar, e elas com olhos de meio dia pediram uma mais animada. Pensei e pensei, então veio, riacho do navio..., e é o som que vai.

 

Este é mais um vídeo com o Fagner que só tem mesmo o som e nada de imagens.

Riacho do Navio e Forró no Escuro são de autoria de Gonzagão numa versão do Fagner.


O Som!!!!!



6 comentários:

Assis Freitas disse...

este rol de canções, berceuse para os sentidos,


beijo

Cris de Souza disse...

que viagem cântica!

beijo, vais querida.

Jorge Pimenta disse...

oh, como todas as estações dos homens ganham colorido nas melodias singelas da voz popular.
beijos, vais!

sandra camurça disse...

Lindas canções, moça! E é engraçado essa coisa de criança às vezes querer uma música animada pra dormir, minhas sobrinhas tbm tinham isso, rsrs...
Beijão

Moisés Augusto Gonçalves disse...

Ótimas postagens! Beijos!

Vais disse...

É também, Assis, um ótimo repertório para umas boas serenatas, que delícia, sabe

beijo pra ti

************

sóóóóóóóó, né Cris, altas viagens :)

beijos, querida


*************

Ei, Jorge,
sou totalmente concordante da expressão de que quem canta seus males espanta
e nossas raízes estão em muitas destas melodias singelas que com imenso prazer mantemos vivas

beijos, moço

************

Ai, Sandrinha, e é uma coisa estes pedidos de canções mais animadas, pois às vezes só vem os roques ou as de carnaval na cabeça, :)é foda

beijocas minha querida

***********

Êta, Moisés
grata, moço
beijos pra você também