quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Um Particular

. Não nasci diferente
Igual todas crianças
Vim de uma barriga
Desde sempre sinto

*****************


"Como professor não me é possível ajudar o educando a superar sua ignorância se não supero permanentemente a minha".

Mestre Paulo Freire

***********************

minha versão

Se não supero permanentemente a minha ignorância,
uma vez militante e mãe,
como posso ajudar
@s companheir@s e as filhas
a superarem as suas ignorâncias?


*******************

uma colagem

clique para aumentar

7 comentários:

Halem Souza disse...

É, acho que o grande ponto nessa citação de P. Freire está na expressão "superar permanentemente", já que o mundo (e as coisas que estão nele) são mais opacos "do que sonha a nossa vã filosofia", sempre cheia demais de certezas...

Um abraço.

Marcone Procópio disse...

Edel, a colagem é linda e ler seus textos é o mesmo que ouvi-la falando. Bjs.

Vais disse...

Olá Professor,
este processo de superação necessita de muito trabalho e são nas várias dimensões da nossa existência, e assim, fico vendo que a única certeza mesmo que temos nesta vida é a da morte.
grata pela visita, sempre bem vinda

abração pra ti, Halem


****************

Nóóóó Marcone,
que delícia de ter você por aqui, nesta caxanga virtual, hehehe
Vamos encontrar mais e fico feliz que tenha gostado da colagem.
Beijos e abraços pra você, Angela e lembrando da Tia Teinha, muito chêros nas pituquinhas, tão lindinhas e fofinhas
inté querido

Roy Frenkiel disse...

O galera boa de BH. Curti a colagem, Vais, e a frase parece ser boa.

De fato, se estiver me ensinando, fecha os olhos e vai.

Bjx

RF

Marcello disse...

.
Vais, bela colagem.
E o excerto do mestre - e a sua paráfrase - me lembram que "além de ensinar, ensina a duvidar do que se ensina" (quem disse isso eu agora não me lembro).

A propósito, cadê o post sobre a Caverna, do Saramago (procurei e não achei).

Abraço.
.

Jorge Pimenta disse...

palavras certeiras que vão directas ao coração. a completar, uma colagem naif de um bom gosto tão atroz que até dá comichão :)
um beijinho! aos poucos regresso. obrigado pelo carinho que me dispensaste nesta minha semi-ausência!

Vais disse...

Olá Roy,
valeu ter curtido a colagem.
seu comentário me cutucou a viajar nos significados de duas palavras, ignorância e irracional.
interpreto que esta ignorância está mais para a violência que está em nós, seres humanos.
valeu também a visita
bj

***************

Ei Marcello,
é, não basta só ensinar a noção, tem que haver espaços para o desenvolvimento, é a Educação Libertadora que tanto Paulo Freire praticava.

um abraço

*************

Ei Jorge,
que bom que voltou da semi-ausência, eu que tô tomando um chá de sumiço, mas penso que tudo bem.
Paulo Freire é um grande Educador, fonte de altas sabedorias.
ê moço, e a colagem são as esperas
beijinho prati