quarta-feira, 26 de novembro de 2008

das laranjas


- Moço, por favor, quero um quilo de laranja prati.
- Pra mim?
- Não, pra ti não, laranja prati pra mim.
- Não temos esta qualidade de laranja.
- Tem sim, moço. Não é a da terra, que dá um doce delicioso, não é a lima, nem a campista ou seleta, não é a baía, nem a pêra rio, que nem conhecia.
É aquela doce, docinha, chupada de chupinha , comida de pedacinhos, doce, docinha,... sabe qual?
- Ah! agora acho que sei, por que não disse antes, é a laranja serra d'água que você quer.
- Não moço, não é serra d'água, é prati, acho que não tem mesmo.
- Êpa! Vai começar de novo, pra ti, pra mim ..., tão aqui, prova.
- Chulup, chulup, é sim moço, é esta, chulup, doce, docinha, chulup, um quilo por favor.
Obrigada, até logo, chulup...
Que nome, chulup, serra d'água, inventam cada uma, chulup, chulup...
- Este povo, sei lá de onde, inventa cada nome, pra ti, pra mim...
*
*
*********************
*
*
* E a Clarice, que parecia sumida, mas não estava tanto assim, pois desde outubro, a moça criou um novo cantinho, teceu um novo balaio, http://claricemaia.blogspot.com/, só indo lá pra ver e ler.
*
*
Beijos

2 comentários:

Aline Christall disse...

Chulup...glupe...ahhhhh
Enchi minha boca d'agua com tanta doçura...e gostosura!!!

Na serra... da serra...seja lá o que for, bom mesmo é laranja pra mim, pra ti e pra todos nós.

bjs....vim matar a saudades!

Jens disse...

Oi Feiticeira.
A laranja prati não seria a laranja do céu, pequininha e docinha? Eu gosto mais da laranja de umbigo (azedinha).
Beijo pra ti.