sexta-feira, 11 de julho de 2008

Podes crer, meu irmão, é uma merda!

O interior é uma merda
A cidade grande também
O namorado da avó é um merda
Quem ou o que o gerou, uns merdas
A pedofilia é uma merda
A violência é uma merda
Não perco a chance
Errar é humano, é uma merda
A natureza humana, é uma merda
O sistema é uma merda
O capitalismo é uma merda
O imperialismo é uma merda

...
mais uma marcada
uma pequena de três anos

+++++++++++++++++++++

O Som!!!!!!!!!!!!!!!!!
Kurt Cobain
Não se sabe qual foi a curtição
Foi pego como cobaia.
(Só isso. Basta.)
( Não tente metáforas, comparando olhos com céu, barba e cabelos com pétalas de girassol ...
ou mesmo discorrer sobre o Laboratório Sistema.)
(D/95)

Uma sexta escandalosa!

4 comentários:

Marcelo F. Carvalho disse...

Infelizmente, devo concordar...
Como escreveu Rita Lee: Tudo vira bosta.

Jens disse...

Oi, adorável Feiticeira Vais.
Voltei. Yeah!!!
Minha Rainha Preta Mari Timm, quando as contrariedades do cotidiano provocam sua irritação, costuma dizer que está com a bosta. Eu sou mais radical: começo do merda e vou adiante... (hehehe).
Acrescentaria na tua lista:
O Gilmar Mendes é uma merda (um merdão, na verdade). O Daniel Dantas também.
Mas a Polícia Federal não.
***
Beijo, linda.
Arriba!!!

Moacy Cirne disse...

Concordo com você em quase tudo, já que - para mim - nem tudo é uma merda. Abraços.

de vendetta disse...

é bosta ou é merda? porque bosta ainda va lá, serve de adubo...

já merda.. é tudo a mesma.