sexta-feira, 19 de outubro de 2007

Concurso

Em 2004 participei de um concurso de poesias aqui em Belo Horizonte, MG. Foi isto, concorri a algum prêmio, não ganhei nenhum. Valeu? Sim.
Quando tomei conhecimento do concurso e resolvi participar, não daria tempo para escrever coisas novas.
Fui fuçar, e foi aí que tudo ficou bagunçado.
O que mais me agradou foi a excitação de escolher, revisar e dar título às poesias, hoje vejo que nem todas são, estão mais para uns escritos, mesmo, e sempre com uma olhadela aqui ou ali.
Vou apresentá-los, são vinte e seis, não todos de uma vez, dois estão no Recanto, atual nabatidadoprego.

* e *.






Crianças deste nosso Brasil que encanta, com vocês:
A Arca de Noé -

Vinícius de Moraes -
1980



19/10/1913
Parabéns, saravá, brinde e salve, Vinícius de Moraes!

3 comentários:

Moacy Cirne disse...

É assim? Um recomeçoprincípio, sim? Recanto ou canto? Ou descanto? Revanto: fim? Uma despremiação, assim. Belzontim, sim. Ou não?

Vais disse...

Olá Moacy,
são os 'co' e os 're', risos
despremiação, sim
ou não premiação
abraço

sandra camurça disse...

Adorei essa brincadeira de vocês dois acima (risos).
Adorei o desenho, é teu?
Beijim :D