sábado, 26 de março de 2011

UM SOMMM!!!!

. . .
A tradução não é minha
. Dogs . Pink Floyd . Composição : Roger Waters / David Gilmour . . Cães . . . Você precisa ser louco, Você precisa ter um motivo de verdade Você precisa dormir sobre seus dedos do pé E quando você estiver na rua Precisa ser capaz de escolher a carne fácil Com os olhos fechados E depois se movendo silenciosamente, Contra o vento e escondido Você tem que atacar no momento certo Sem pensar. E passado algum tempo Você pode trabalhar em pontos por estilo Como a gravata E um firme aperto de mão Um certo olhar nos olhos, E um sorriso fácil Você tem que passar confiança Para as pessoas que você mente Para que quando elas virarem as costas Você tenha a chance de enfiar a faca Você precisa manter um olho Sempre olhando por cima do seu ombro Você sabe que ficará cada vez mais difícil, E mais dificil e mais difícil conforme vai envelhecendo É, e no fim arrumará as malas e Voará para o sul Esconder sua cabeça na areia Apenas outro velho triste e sozinho Morrendo de câncer. E quando você perder o controle, Você colherá o que plantou E à medida que o medo cresce, O sangue ruim azeda e vira pedra E é tarde demais para largar o peso Que você costumava jogar por aí Então se afogue, Enquanto você vai afundando sozinho Arrastado pra baixo pela pedra. Eu tenho que admitir Que estou um pouco confuso As vezes me parece Que estou sendo usado Preciso ficar acordado, e tentar sacudir Esse mal-estar rastejante Se não estou pisando em meu próprio chão Como poderei encontrar a saída deste labirinto? Surdo, mudo e cego, Você apenas continua fingindo Que todos são dispensáveis E ninguém teve um amigo de verdade E parece que a solução Seria isolar o vencedor E tudo é feito sob o sol E você acredita que lá no fundo todo mundo é um assassino Que nasceu numa casa cheia de dor Que foi treinado para não cuspir no ventilador Que foi ordenado pelo homem a o que fazer Que foi quebrado por pessoal treinado Que estava usando colarinhos e correntes Que levou um tapinha nas costas Que andava fugindo da matilha Que era apenas um estranho em casa Que foi triturado no fim Que foi encontrado morto ao telefone Que foi arrastado pra baixo pela pedra Que foi arrastado pra baixo pela pedra. . .

8 comentários:

Jorge Pimenta disse...

vais,
eu tenho-o... original :) (arranjei em saldo de saldo de saldo... irresistível, mesmo).
a propósito, roger waters acaba de dar um mega-concerto em portugal (the wall) que, ao que parece, foi mesmo das melhores coisas jamais vistas. grandiodo, como só ele sabe e é.
the wall é de uma actualidade impressionante; em vez de a perder, reforça-a. como é que pode?...
beijos!

Marcelo F. Carvalho disse...

Eu tenho o CD, comprei baratíssimo nas Lojas Americanas... Sensacional!

O que Cintila em Mim disse...

muito doido...

Vais disse...

Jorge, Professor e Rachel,
seguinte, cismei com o início desta postagem, então tirei.
beijos pra vocês

Vais disse...

Jorge, Roger Waters é prá lá de bom, the wall, pink floyd ( quando ele ainda fazia parte), tenho algumas fitas k7 dele(coisa mais antiga, né? ehehe), depois que saiu do grupo, ouço bastante, apesar de entender muito pouco de ingrês, sei que as letras das canções tem algo de bem mais profundo
ah, e dá pra imaginar como o mega concerto deve ter sido bom, ai que vontade que dá

beijinhos

***************


Ei Professor Marcelo,
bom demais da conta!
beijo prati e é um prazer você na caxanga

*********

Ei, Rachel,
o chou todo é muito duca :)
beijos, moça

Cris de Souza disse...

tenho o vinil deste álbum(animals) até hoje.

preciso dizer que adoro?

beijo, vais querida!

Assis Freitas disse...

eu tenho este dvd do Roger que é muito bom, aliás ou fã dos feras do Pink floyd, tenho quase tudo em mp3 no computador, demais


beijo

Vais disse...

Ei, Cris,
vinil, radiola, pode ser antigo, mas tem um charme, tem uma meninada que nem sabe o que é isto
também adoro!
beijos, querida moça

***********

Olá, Assis,
que maravilha de acervo, heim?
é pra curtir aos montes.
beijinhos prati:)