sexta-feira, 23 de abril de 2010

Escreveção Som Protesto

.
Diplomada 2º Grau Magistério e alguns Certificados.
Virou estudiosa de nada, específico.
Sei dos meus olhos.
Sinto o quê me toca
e busco.
Sou curiosa
e entusiasmada.

.
.

AAAAAAAAUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!

.
Tempos atrás, procurei como colocar nesta página, somente música, só que não entendi bulhufas, nenhum passo, larguei prá lá, por isto ainda não rolou.
As madrugadas, vésperas de feriados ou de finais de semana, são bem mais convidativas.
Fui fuçar novamente, desta vez, como colocar vídeos.
.
Dizem que, quem procura, acha, dito muito usado, quando algo dá ‘errado’, tipo,
tá vendo, viu só, quem procura, acha?
Se digo o dito, complemento, achou mesmo o que procurava, sei lá se num acha nada, se acha, pode ser outro achado diferente do procurado.
Achei bem aqui, e rolou.


.
ÔÔÔÔÔUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!
.
.

Esta postagem vem sendo feita desde meados de março, quando comecei.
.
Não a traria aos olhos, aos ouvidos, até que conseguisse trazer a voz de Joan Baez, e deu demais, aqui está.


.
UM SOM! SOM, de verdade!
.

.
.

.
Joan Baez aos meus ouvidos
Sua voz
Sua melodia
De uma afinação que me transporta
Que me deixa assim...
Que me leva assim...
Sua voz somente sua voz
Tomando todos os sentidos
e mais nada
.

.

E muitas vezes, nas construções, usamos de figuras.
Enquanto um nada particular toma conta...
Mãos pegam
Braços vem
Pernas vão
Pés pisam
.


Escutei esta música, House Of The Rising Sun, primeiro com o The Animals, grupo inglês da década de 60.

.
Neste cd Joan Baez a canta, e todas as canções, sua voz, seu violão e o violão de Fred Hellerman, e nem precisava mais. Ouço todo, até a última, El Preso Numero Nueve, e a coloco de novo.
Depois, muitas vezes, só o silêncio, nada mais cabe.


Porém, às vezes, Mercedes Sosa, e vou começando por Sólo Le Pido A Dios.

.
.

Nota de protesto entendido
.
Não me recordo das coincidências, das circunstâncias passadas que saiu “Números”, título botado hoje, sei das coincidências que o trazem aqui.
.


Números
.
Quantos 23 já se passaram?
Todos os dias, um dia, você foi.
Pertence a todos os meses de cada ano que passa.
23
Vinte e três
2+3
2, 3
2-3
Dois, três
Um, dois, três
Conta,
Soma,
Tira,
Divide,
Multiplica,
É a Matemática maluca dos números!

(1995)
. .
Que o temporariamente de Moacy Cirne do Balaio Porreta, seja por pouco tempo.

.

2 comentários:

Jens disse...

Sensacional, Adorável Feiticeira. A escolha para inaugurar a era audiovisual do blog não poderia ser mais feliz. JB, além de combativa, é encantadora.

Um beijo.

PS: Vamos torcer pro professor Moacy retornar.

Vais disse...

Ah! querido Jens, totalmente sensacional!
E, sim, Simpático, Joan Baez é tudo isto que escreveu.
É moço, o Moacy faz falta, tomara ele volte
beijos sempre são enviados a ti