sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

o que veio

março, junho, setembro, novembro
imediatamente: últimas palavras
mais tarde: à flor da pele, já existia
tentei: na flor da pele, já tinha também
fui pensar:
o que seria semelhante
ao termo,
às palavras que expressassem
as reações geradas a partir das motivações,
aos arrepios dos cabelos, ui, ai
aos nervos (não quis usar) estimulados,
à adrenalina correndo nas veias,
aos sentidos excitados,
à intimidade aflorando,
ao sabor do toque gerador das reações tesantes, indignantes...

ao sabor do toque ocorreu e gostei.

o outro nome, o interno
primeiro, também seria últimas palavras
só que, de um jeito, muito dramático
teria que ser algo mais de acordo
sem as restrições que me impunha

até às últimas consequências
ficou.

Nenhum comentário: