quarta-feira, 11 de março de 2009

está aberta

até os poros
as entranhas
as fendas
até todos os sentidos
até às últimas consequências

tal qual a ferida
aberta
que forma a crosta
a pereba
que é retirada
que se torna
carne ferida
aberta

cicatriza um dia

a leitora com seus aparelhinhos
medidores das energias
falou da ferida
na curva da omoplata esquerda
aberta
anos atrás

gaze, bandeidis, esparadrapos
ou
um durex estratégico
grudado num pedaço de algodão
adiantam

ferida interna
aberta
há alguns anos
um dia ela cicatriza

Um comentário:

Jens disse...

Oi Feiticeira Vais.
Nada a acrescentar aos teus versos crus e cortantes. Só que as feridas internas demoram mais pra cicatrizar. Eu sei, tenho algumas abertas a décadas.
Um beijo.