quarta-feira, 2 de abril de 2008

Foi-se o tempo
'Pobre coitado'
Entediado
Juntou seus pertences
Saiu a correr mundos
A mala cheia...
Exatamente naquele lugar
Largou tudo
E foi-se novamente...
Como veio ao mundo

(D-1996)

Um comentário:

sandra camurça disse...

voltei, menina,
o computador ainda está em observação mas tá funcionando.
muito boas as últimas postagens e adorei o desenho da árvore.
Um beijo.

A tormenta que se tornou

A vontade é ir preenchendo as tantas linhas vazias com toda manifestação das emoções que se dão, afloram e transpiram, ocupando de rab...