terça-feira, 30 de outubro de 2007

*


Saudação

Sou o que sou. Nasci sob o Sol.
No firmamento não havia noite nem Lua,
ou mesmo outros planetas que regessem
ou assistissem ao meu nascimento.
Somente a estrela quente emitia raios...
E como raios, vieram trespassando e rasgando
as atmosferas pelos caminhos.
Veio diretamente abater-se sobre mim.
Ganhou cores.
Carregou-se de melanina.
Expulso nas savanas, eu nu, saio das águas.
O cordão a envolver-me rasteja a espera do pico...
_ Não me dê falsas esperanças dizendo ser a dor,
uma simples mordida de uma lava-pés faminta.
Uma revoada de pássaros!
Uma manada faz retumbar o chão!
Felinos de pêlos eriçados, rugem.
Enquanto hienas gargalham
com olhos lacrimejantes.
E eu nu, espero.
De pálpebras coladas só sinto a escuridão na qual me transformei.
A imensa agulha demorou-se pouco.
Uma sensação negra encheu-me as veias,
os poros e encrespou-me os cabelos.
A reação foi imediata,
um campo formou-se
em torno dos lábios e do coração.
Abro os olhos e olho:
O poente criar asas.
Vindo em minha direção, ouço:
ENGULA-ME!
Assim faço ao escancarar a boca
e ingerir moléculas púrpuras,
mas de repente a certeza
dum medo
me faz impotente

e um grito sobe
e sai alucinante.
Sem eco.
Um som puro
que faz tudo em volta
parar para vê-lo
e ouvi-lo:
_ NA MAS TÊÊÊÊÊÊ!



**********************************************

Resolvi enriquecer alguns dos escritos, poemas, poesias, que restam
com o PetShopMundoCão de Zeca Baleiro.
a primeira que vai é a décima,

As meninas dos jardins

o sol nas bancas de revista
e na capa da revista
sombra grana e água fresca
vejo novos ricos
vejo velhos pobres
não vi ninguém abrir a boca
mas ouvi o grito
deus misericórdia de nossa miséria
caravela de cabral
morte e vida severina
as meninas dos jardins gostam de rap
as meninas dos jardins gostam de rap
as meninas dos jardins gostam de happy end

*****************************************

3 comentários:

Fernanda Passos disse...

amo esse cara aí. E essa música é do c*************!
desculpe. foi a empolgação.

;)

ACANTHA disse...

Lindo, VAIS. Muito lindo, linda...

Marcelo F. Carvalho disse...

Zeca sempre adoça nossa intelectualidade com coisas lindas.