sexta-feira, 30 de abril de 2010

cantando junto





El Pueblo Unido Jamás Será Vencido
Composição: Quilapayún - Sergio Ortega

El pueblo unido, jamás será vencido,
el pueblo unido jamás será vencido...

De pie, cantar
que vamos a triunfar.
Avanzan ya
banderas de unidad.
Y tú vendrás
marchando junto a mí
y así verás
tu canto y tu bandera florecer.
La luz
de un rojo amanecer
anuncia ya
la vida que vendrá.

De pie, luchar
el pueblo va a triunfar.
Será mejor
la vida que vendrá
a conquistar
nuestra felicidad
y en un clamor
mil voces de combate se alzarán,
dirán
canción de libertad,
con decisión
la patria vencerá.

Y ahora el pueblo
que se alza en la lucha
con voz de gigante
gritando: ¡adelante!

El pueblo unido, jamás será vencido,
el pueblo unido jamás será vencido...

La patria está
forjando la unidad.
De norte a sur
se movilizará
desde el salar
ardiente y mineral
al bosque austral
unidos en la lucha y el trabajo
irán,
la patria cubrirán.
Su paso ya
anuncia el porvenir.

De pie, cantar
el pueblo va a triunfar.
Millones ya,
imponen la verdad,
de acero son
ardiente batallón,
sus manos van
llevando la justicia y la razón.
Mujer,
con fuego y con valor,
ya estás aquí
junto al trabajador.

Y ahora el pueblo
que se alza en la lucha
con voz de gigante
gritando: ¡adelante!

El pueblo unido, jamás será vencido,
el pueblo unido jamás será vencido...

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Escreveção Som Protesto

.
Diplomada 2º Grau Magistério e alguns Certificados.
Virou estudiosa de nada, específico.
Sei dos meus olhos.
Sinto o quê me toca
e busco.
Sou curiosa
e entusiasmada.

.
.

AAAAAAAAUUUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!

.
Tempos atrás, procurei como colocar nesta página, somente música, só que não entendi bulhufas, nenhum passo, larguei prá lá, por isto ainda não rolou.
As madrugadas, vésperas de feriados ou de finais de semana, são bem mais convidativas.
Fui fuçar novamente, desta vez, como colocar vídeos.
.
Dizem que, quem procura, acha, dito muito usado, quando algo dá ‘errado’, tipo,
tá vendo, viu só, quem procura, acha?
Se digo o dito, complemento, achou mesmo o que procurava, sei lá se num acha nada, se acha, pode ser outro achado diferente do procurado.
Achei bem aqui, e rolou.


.
ÔÔÔÔÔUUUUUUUUUUUUUU!!!!!!!
.
.

Esta postagem vem sendo feita desde meados de março, quando comecei.
.
Não a traria aos olhos, aos ouvidos, até que conseguisse trazer a voz de Joan Baez, e deu demais, aqui está.


.
UM SOM! SOM, de verdade!
.

.
.

.
Joan Baez aos meus ouvidos
Sua voz
Sua melodia
De uma afinação que me transporta
Que me deixa assim...
Que me leva assim...
Sua voz somente sua voz
Tomando todos os sentidos
e mais nada
.

.

E muitas vezes, nas construções, usamos de figuras.
Enquanto um nada particular toma conta...
Mãos pegam
Braços vem
Pernas vão
Pés pisam
.


Escutei esta música, House Of The Rising Sun, primeiro com o The Animals, grupo inglês da década de 60.

.
Neste cd Joan Baez a canta, e todas as canções, sua voz, seu violão e o violão de Fred Hellerman, e nem precisava mais. Ouço todo, até a última, El Preso Numero Nueve, e a coloco de novo.
Depois, muitas vezes, só o silêncio, nada mais cabe.


Porém, às vezes, Mercedes Sosa, e vou começando por Sólo Le Pido A Dios.

.
.

Nota de protesto entendido
.
Não me recordo das coincidências, das circunstâncias passadas que saiu “Números”, título botado hoje, sei das coincidências que o trazem aqui.
.


Números
.
Quantos 23 já se passaram?
Todos os dias, um dia, você foi.
Pertence a todos os meses de cada ano que passa.
23
Vinte e três
2+3
2, 3
2-3
Dois, três
Um, dois, três
Conta,
Soma,
Tira,
Divide,
Multiplica,
É a Matemática maluca dos números!

(1995)
. .
Que o temporariamente de Moacy Cirne do Balaio Porreta, seja por pouco tempo.

.

terça-feira, 20 de abril de 2010

Um Som!

Tristeza De Amar

Geraldo Vandré
Composição: Geraldo Vandré e Luiz Roberto

.

Tua tristeza não é de amar
Vem que a beleza pode acabar
E é só no amor que o amor vai chegar
Ainda que o amor nos faça chorar
.
Vive o teu bem
E vive a cantar
Boa é a tristeza
E a dor que é de amar
.
Quem não tem um bem
Não tem onde ir
E a vida vai e vem sem sair
De uma dor sem fim de não ter alguém
Por quem partir, sofrer e sorrir
.
Ai

Tua tristeza não é de amar
Vem que a beleza pode acabar
E é só no amor que o amor vai chegar
.
Quem não tem um bem
Não tem onde ir
E a vida vai e vêm sem sair
De uma dor sem fim de não ter alguém
Por quem partir, sofrer e sorrir

.
.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

aqui


A inspiração tirou férias

Não deixou bilhetes


nem se despediu

Fico sem saber pra onde foi,


com quem anda

ou quando voltará
(1999)